Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Abusa de filha durante 6 anos

Menor era abusada desde os sete anos. Predador agia na ausência da mãe da rapariga
24 de Maio de 2013 às 01:00

Ao fim de seis anos de abusos sexuais praticados pelo próprio pai na casa da família, em Setúbal, a menina de 13 anos não aguentou mais. Foi ter com uma professora da sua escola e contou-lhe tudo o que se estava a passar. A Polícia Judiciária (PJ) entrou de imediato em campo, prendendo o abusador.

A estratégia do predador sexual, de 60 anos, passava por aproveitar as ausências da mulher, que, por motivos profissionais, não se encontrava em casa aos fins de semana. A mãe da criança nunca desconfiou dos seis anos de abusos sexuais a que a filha foi sujeita.

A menina começou a ser abusada aos sete anos. O pai incutiu-lhe sempre muito medo para que nunca dissesse nada. Quer à mãe, quer aos dois irmãos mais velhos, já adultos, e que vivem fora de casa da família.

Mas a criança encheu-se de coragem a colocou um ponto final nos abusos. Chamou uma professora e revelou-lhe o terror em que vivia. A docente informou a direção da escola, que denunciou o caso à PJ. Em poucos dias, a polícia reuniu provas e prendeu o predador sexual, na passada terça-feira.

Presente a tribunal para primeiro interrogatório, vai aguarda julgamento em prisão preventiva. A menina está a viver com a mãe.

abuso setúbal professora escola filha criança
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)