Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Abusa de menina num galinheiro em Vila do Conde

Predador, de 66 anos, oferecia guloseimas à criança e levava-a para locais escondidos, onde lhe fazia sexo oral. Crime ocorreu, pelo menos, três vezes.
25 de Novembro de 2013 às 15:02
Menina disse que abusos começaram “antes de o Pai Natal vir”
Menina disse que abusos começaram “antes de o Pai Natal vir” FOTO: Ricardo Cabral

Maria, nome fictício, de apenas cinco anos, viveu meses de horror. Sempre que estava sozinha com o senhorio dos pais, um homem de 66 anos, era alvo de abusos. Em pelo menos três ocasiões diferentes, o pedófilo ofereceu-lhe guloseimas, levou-a para locais escondidos, tirou-lhe as cuecas e fez-lhe sexo oral. Num relato chocante às
autoridades, a menina contou que numa das vezes foi atacada num galinheiro, mas que também o foi na oficina onde o predador trabalhava como serralheiro, numa freguesia de Vila do Conde.

Refere o processo, consultado pelo CM, que os abusos começaram em setembro de 2012, altura em que o casal e os quatro filhos se mudaram para uma casa que arrendaram ao pedófilo, com quem passaram a manter uma relação próxima. Aos inspetores da PJ do Porto, a menina disse que a primeira vez que foi atacada "foi antes do Pai Natal vir". Referiu ainda que o senhorio lhe pedia para nada contar porque assim "deixavam de ser amigos".

O caso foi descoberto a 21 de abril deste ano, quando o serralheiro foi a casa da família de Maria - a mãe estava na cozinha - entregar o recibo da renda. Ofereceu uma caixa de chicletes à menina e pediu para irem para o quarto dela. Aí, sentou-a na cama e começou a fazer-lhe sexo oral. Foi surpreendido pela avó da menina - que tinha chegado com os outros netos. O arguido está acusado de três crimes de abuso sexual de criança. Esteve quase dois meses na cadeia, mas a medida de coação foi alterada, em junho, para domiciliária, vigiado por pulseira eletrónica.

Vila do Conde abusos predador senhorio galinheiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)