Abusa de três irmãs e é solto

Aproveitando o facto de ser vizinho e visita recorrente na casa das três irmãs, um homem de 60 anos abusou das meninas – todas crianças com menos de 11 anos – e ainda de uma outra menor deficiente. Os crimes ocorreram numa cidade do Grande Porto e o predador sexual foi apanhado pela PJ e presente a tribunal. No entanto, foi libertado porque o Ministério Público nem sequer sugeriu ao juiz que o pedófilo ficasse em prisão preventiva.

22.09.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Abusa de três irmãs e é solto
O pedófilo, vizinho das quatro vítimas, foi detido pela Polícia Judiciária do Porto Foto direitos reservados

Tudo aconteceu nos últimos meses, durante as férias escolares das vítimas. O predador sexual abusou repetidamente das crianças, sempre de forma separada. Mas cada criança teria conhecimento de que o homem praticava os abusos também com as irmãs.

Se no caso das três meninas o predador não terá chegado a violar as menores, o mesmo não aconteceu com a quarta vítima: uma deficiente, de 15 anos, também vizinha do pedófilo e das três irmãs. Foi aquela que confirmou à PJ os abusos, depois de os pais das três meninas terem apresentado queixa.

O detido, desempregado, vive com o Rendimento Social de Inserção – tal como os pais das vítimas – e não tem cadastro. Está acusado de crimes de abuso sexual de crianças.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!