Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Abusou três anos de menina

Arguido, de 42 anos, começou a abusar da filha da companheira quando ela tinha apenas 12. Abusos envolveram relações sexuais completas e só terminaram quando a vítima se queixou
20 de Novembro de 2013 às 15:20
Julgamento do abusador começou ontem no Tribunal de Silves
Julgamento do abusador começou ontem no Tribunal de Silves FOTO: Miguel Veterano

Durante quase três anos, uma menor foi obrigada a manter relações sexuais completas com o homem a quem chamava pai. Os abusos começaram quando a menina tinha apenas 12 anos. O abusador, de 42, começou ontem a ser julgado no Tribunal de Silves, acusado de abuso sexual de criança, agravado.

O homem, que ouviu a acusação de cabeça baixa, admitiu em tribunal que o que fez "foi uma loucura que nunca devia ter acontecido". Antes do início da audiência já tinha confessado ao CM: "Sou culpado, mas estou muito arrependido."

Os abusos à filha da ex-companheira, com quem o arguido vivia numa zona rural do concelho de Silves, ocorreram entre 2009 e 2012. Nesse período, segundo o Ministério Público, o homem "obrigou a menor a ter relações com ele pelo menos uma vez por semana".

O abusador aproveitava os momentos em que a mãe da menor se ausentava de casa para trabalhar, em Silves, para manter relações sexuais com a criança, na casa onde a família vivia.

Foi a própria menina quem denunciou o caso, queixando-se dos abusos de que estava a ser vítima a uma professora da escola que frequentava. O estabelecimento alertou a Comissão de Proteção a Crianças e Jovens de Silves, e depois de uma reunião na escola com a mãe da criança – em que esta foi informada do que se estava a passar – a menina foi retirada à família.

O caso foi investigado pela Polícia Judiciária de Portimão, que acabou por confirmar as suspeitas de abuso sexual. Num primeiro momento, o arguido admitiu ter abusado da menina "uma única vez". Só mais tarde confessou ter tido relações sexuais com ela "muitas vezes". Foi apenas quando a menor se queixou que os abusos acabaram.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)