Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Acidente em Almaraz sem impacto radiológico

O governo espanhol já garantiu que o acidente ocorrido no domingo passado na Central Nuclear de Almaraz, na margem de um afluente do rio Tejo, não representa perigo para a saúde pública, revelou hoje fonte do Ministério do Ambiente português.
9 de Novembro de 2007 às 22:20
O acidente ocorreu aquando de uma perda de água no sistema de refrigeração na piscina da Unidade II desta central nuclear, situada a cerca de 200 quilómetros da fronteira portuguesa, na província de Cáceres, Extremadura espanhola.
A piscina da Unidade II é a estrutura onde arrefecem as barras gastas de combustível nuclear.
Segundo a imprensa espanhola, a falha da bomba de reserva fez com que não circulasse água na estrutura durante cerca de sete horas, o que levou o Conselho de Segurança Nuclear (CSN) espanhol a emitir um alerta de nível 1 na Escala Internacional de Acidentes Nucleares (de zero a sete).
Depois da análise dos técnicos do CSN o nível de alerta baixou para zero, considerando-se que não houve impacto radiológico no meio ambiente nem nas pessoas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)