Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Acidente em Lisboa provoca 26 feridos

A colisão entre dois autocarros de passageiros da Rodoviária de Lisboa fez ontem, ao fim da tarde, 26 feridos. O acidente, que ocorreu na Calçada de Carriche, terá acontecido, segundo fonte da Divisão de Trânsito da PSP, quando um ligeiro saiu de uma transversal sem respeitar o sinal de aproximação de via com prioridade.
10 de Março de 2005 às 01:05
A tentativa de travagem dos autocarros não foi suficiente para evitar o embate, responsável por ferimentos diversos em 24 adultos, uma criança de um ano e uma adolescente de 15.
Transportados para os hospitais de Santa Maria – que recebeu 20 pessoas – e para o Curry Cabral – seis –, foram assistidos a ferimentos ligeiros permanecendo, até ao fecho desta edição, em observações.
À hora em que se deu o acidente, por volta das 19h30, os autocarros encontravam-se cheios de passageiros, como confirmou ao CM Cecília Neves, uma das testemunhas do acidente. Moradora na zona do Lumiar, encontrava-se em casa quando se deu o embate. “Estava à janela quando ouvi um estrondo enorme. O que me fez mais impressão foi ter visto as pessoas aos trambolhões dentro do autocarro. Pareciam bonecos num daqueles testes de segurança rodoviária”, recordou.
No total, Cecília Neves contou sete ambulâncias, mas perdeu a conta ao número de feridos. “Imagino que as pessoas devem ter sofrido ferimentos com o embate e com os vidros partidos”, afirmou.
O acidente condicionou o trânsito naquela zona da capital. Depois de um corte da via, os veículos foram autorizados a circular, enquanto elementos do Regimento de Sapadores de Lisboa limpavam o óleo, tarefa que continuavam a realizar duas horas depois do embate.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)