Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Acidente: Rei de Marrocos assegura custos médicos e repatriamento das vítimas

O rei Mohammed VI decidiu assumir pessoalmente os custos médicos e o repatriamento das vítimas do acidente de autocarro que transportava turistas portugueses perto de Ceuta (norte de Marrocos), referiu a EFE.
8 de Setembro de 2010 às 18:28
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses
Tragédia em Marrocos mata nove portugueses

Os ocupantes, todos portugueses - à excepção do guia, de nacionalidade marroquina, e do condutor espanhol, que também ficaram feridos -, participavam num cruzeiro a bordo do paquete Funchal, e que fazia escala em Ceuta. O  último balanço do acidente divulgado pelo Governo português refere-se a nove mortos, 19 feridos graves e 17 ligeiros.    

Após ter sido informado do acidente, o monarca transmitiu o desejo de suportar os custos da assistência médica e ordenou às autoridades locais  para tomarem todas as medidas necessárias para socorrer as vítimas e contactar  os seus familiares, referiu a agência oficial MAP, citada pela EFE.   

Mohammed VI enviou uma mensagem de condolências às famílias dos falecidos e feridos, e para estes últimos exprimiu desejos de rápida recuperação, acrescentou a MAP.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)