Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Acidente na A25 fatal para turista

Claus Wolkersdorf tinha sido transportado, em estado crítico, para Coimbra.
Francisco Manuel 11 de Outubro de 2014 às 17:02
Acidente começou com o despiste e capotamento de um dos três carros envolvidos
Acidente começou com o despiste e capotamento de um dos três carros envolvidos FOTO: Francisco Manuel

Cerca de dois meses após o acidente da A25 – que envolveu três automóveis e causou, então, sete feridos graves –, Claus Wolkersdorf, condutor de uma das viaturas, morreu num hospital da Suíça, seu país natal. O Ministério Público e o Destacamento de Trânsito da GNR de Aveiro estão a investigar o caso. Claus, de 69 anos, passava férias em Portugal com um amigo, que também sofreu ferimentos graves no sinistro.

O aparatoso acidente ocorreu pelas 10h40 do passado dia 2 de agosto, junto ao nó do Carvoeiro, em Sever do Vouga, no sentido Aveiro-Viseu. Na altura, o CM apurou junto de algumas testemunhas que um dos automóveis se despistou e capotou, levando à colisão de outras duas viaturas que circulavam logo atrás. Claus Wolkersdorf era o ferido que inspirava mais cuidados, juntamente com o condutor do carro que capotou à sua frente. Os dois foram transportados pelos bombeiros, com acompanhamento médico, para os Hospitais da Universidade de Coimbra. Estavam em estado crítico.

O turista suíço acabou por ser transferido, algumas semanas depois do acidente, para o seu país, onde viria a sucumbir aos ferimentos decorrentes do sinistro em Sever do Vouga.

Entre as restantes vítimas estava um casal com uma filha, que se dirigiam para um batizado em Viseu. Terá sido este automóvel a sofrer o despiste inicial com capotamento. Na altura do acidente chovia com bastante intensidade, fator que terá contribuído para o despiste.

acidente morto turista
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)