Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Acrobacias da GNR com décadas de história

Exibições do Carrossel Moto nasceram nos anos 1940. Em 2014, o espírito aventureiro e o companheirismo permanecem entre os corajosos militares.
6 de Maio de 2014 às 18:25
Exibições do Carrossel Moto nasceram nos anos 40. Em 2014 o espírito aventureiro e o companheirismo permanecem entre os corajosos militares.

O barulho dos motores das antigas motas da Guarda Nacional Republicana (GNR) sobrepõe-se a todos os outros sons no regimento de cavalaria, na Calçada da Ajuda, em Lisboa. Decorre um treino do Carrossel Moto, uma atividade dos militares que nasceu nos anos 1940 e que consiste em fazer acrobacias com as motas. Mais de 70 anos depois, os motociclos e os militares mudaram, mas o espírito aventureiro mantém-se.

“Os mais novos vêm sempre com vontade de fazer tudo, mas temos de garantir que a integração é ligeira para evitar acidente”, explicou Bruno Esteves, capitão e comandante do 2º Esquadrão Moto da GNR, ao Correio da Manhã.

No entanto, nem todos podem fazer parte do Carrossel Moto. É essencial manobrar o motociclo com facilidade. “Os próprios militares vão captando quem, entre eles, tem mais destreza para integrar o carrossel moto e propõem aos responsáveis a entrada. São feitas umas provas para depois se juntarem à equipa”, sublinha o capitão.


(Bruno Esteves, Capitão e Comandante do 2º Esquadrão
Moto da GNR)

Os militares que conseguem entrar não escondem a satisfação. “Para mim está a ser o realizar de um sonho. Acompanho o carrossel há muitos anos como admirador e é um orgulho enorme pertencer agora ao carrossel”, revela João Ferreira, militar da GNR.

ATIVIDADE ARRISCADA MAS COM POUCOS ACIDENTES

Os treinos e exibições de Carrossel Moto são arriscados. Ainda assim, nos últimos anos, os acidentes têm sido raros. “O último foi há seis anos e foi uma coisa muito ligeira”, recorda o capitão Bruno Esteves.

Além do equipamento adequado, os 20 militares também apostam bastante nos treinos semanais, para que nada falhe. As motas são antigas. A maioria delas foi oferecida pela Rainha Isabel II de Inglaterra, quando visitou Portugal em 1957. “Têm de ser monitorizadas diariamente para garantir que tudo corre bem.”

O Carrossel Moto também faz exibições para entidades que não estejam ligadas à GNR. Contudo, essas apresentações têm de ser pagas. “Não há um valor fixo. Depende do número de atuações e da distância que o carrossel tem de percorrer”, acrescenta o Major Diogo Dores.

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA TREINOS E EXIBIÇÕES
DO CARROSSEL MOTO EM FOTOGRAFIAS

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)