Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

ACUSA PAI DE ABUSO

Uma menina de cinco anos, filha única de um casal jovem, residente nos arredores de Viseu, acusa o pai de a ter molestado sexualmente quando lhe dava banho.
29 de Outubro de 2003 às 03:00
O alegado abuso sexual foi denunciado pela menor a uma assistente social do infantário que frequenta, em Torredeita. O caso foi comunicado ao Ministério Público de Viseu que, como medida cautelar, determinou que ficasse com a mãe na Cáritas de Viseu, longe de qualquer contacto com o pai.
A menina terá afirmado à assistente social, entre outros factos, que o pai, quando lhe dava banho, punha-lhe o “pirilau no pipi” e “ria-se”. O relato da menina foi comunicado à Segurança Social e à Comissão de Protecção de Menores de Viseu (CPMV), que informaram o Ministério Público, tendo as entidades envolvidas optado de imediato por afastar a criança do pai. A menina foi sujeita a vários exames no Hospital de Viseu, que não confirmaram a existência de penetração.
António Nuno Aguiar, director adjunto da Segurança Social de Viseu, confirmou ao CM a existência deste caso, assegurando que os serviços tudo farão para defender a menina. “Estamos a tratar do assunto com muita sensibilidade. A criança será sempre protegida”, referiu.
A CPMV esteve ontem reunida para definir qual o destino a dar à menor, que, em última instância, poderá ser entregue a uma instituição do Estado que cuide de crianças em risco. Os pais da menina, ainda jovens, negam os factos que a filha descreveu à assistente social.
Ver comentários