Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Acusam GNR de agressão para obter nome de suspeito

Quatro jovens de Porto de Mós acusam a GNR de agressões a murro e pontapé na tentativa de os obrigar a revelar o nome de um suspeito de tráfico de droga, na madrugada de domingo, na Feira de São Pedro.
5 de Julho de 2012 às 01:00
Jovens mostram marcas
Jovens mostram marcas FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Segundo Madalena Moreira, mãe de um dos jovens, de 18 anos, o filho estava a divertir-se com três amigos numa tenda de música electrónica. Terão sido abordados por cinco militares da GNR que os levaram para trás do palco. "Agrediram-nos a murro e pontapé", diz Madalena Moreira, ao adiantar que foram assistidos no hospital e apresentaram queixa.

Fonte da GNR de Leiria disse ao CM que foram identificados "alguns indivíduos" por terem "uma atitude suspeita". Negaram as agressões.

GNR AGRESSÃO PORTO DE MÓS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)