Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Adesão elevada à greve na Transtejo

Quatro das cinco ligações fluviais entre Lisboa e a Margem Sul do Tejo estão paradas desde as 06h03 desta segunda-feira devido à greve parcial por turnos de cinco dias realizada pelos trabalhadores da Transtejo, em protesto contra o valor proposto pela empresa para o prémio de assiduidade.
29 de Maio de 2006 às 08:13
Adesão elevada à greve na Transtejo
Adesão elevada à greve na Transtejo FOTO: Arquivo CM
De acordo com uma fonte da empresa, a paralisação está a pôr em causa as ligações Montijo-Terreiro do Paço, Seixal-Cais do Sodré Trafaria-Belém e Cacilhas-Cais do Sodré. Apenas está a funcionar a ligação Barreiro-Terreiro do Paço. A paralisação termina às 09h00, sendo que logo à tarde decorre uma nova greve, entre as 16h30 e as 19h50.
Para minimizar os efeitos da greve, a Transtejo está a transportar os passageiros de autocarro para a estação fluvial do Barreiro e para a estação do comboio da Fertagus. Os títulos de transporte da Transtejo serão válidos nos barcos da Soflusa e nos comboios da Fertagus.
Até quarta-feira, a greve decorre das 06h03 às 09h00 e das 16h30 às 19h50, sendo que quinta e sexta-feira, os períodos de paralisação serão das 06h03 às 09h55 e das 16h30 às 20h30.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)