Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Advogada denuncia “cabala”

A advogada que está a ser julgada no Tribunal S. João Novo, Porto, pela legalização irregular de mais de cem imigrantes a troco de dinheiro, foi ontem libertada, após mais de dois anos em preventiva.

4 de Outubro de 2008 às 00:30
Jurista envolvida em alegada rede de legalização ilegal de imigrantes
Jurista envolvida em alegada rede de legalização ilegal de imigrantes FOTO: José Rebelo

A decisão do juiz ocorre depois de um pedido de soltura formulado pelo próprio MP, por dever de ofício e face ao esgotamento do prazo máximo da prisão preventiva.

Ontem, Elisabete Chaves continuou a depor e disse aos juízes estar a ser vítima de uma "cabala" montada pelos investigadores do SEF, pelos quais foi detida.

No banco dos réus estão mais 12 pessoas, cinco do SEF. Em Julho, dois inspectores arguidos no processo foram também libertados.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)