Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Advogado burlão fugido à Justiça

Depois de violar a ordem do tribunal para não se ausentar do País, João Paulo Abreu faltou ontem ao início do julgamento no Tribunal de Vila Real de Santo António, onde está a ser julgado por burla qualificada e falsificação de documentos.
12 de Janeiro de 2011 às 00:30
O advogado Pedro Espírito Santo esteve ontem presente na primeira sessão de julgamento mas não falou
O advogado Pedro Espírito Santo esteve ontem presente na primeira sessão de julgamento mas não falou FOTO: Luís Costa

O advogado de Lisboa estava sujeito a Termo de Identidade e Residência (TIR) como medida de coacção. Ontem, informou o tribunal, através de uma declaração assinada pela representante legal, que "está no Brasil e tem dificuldades económicas para estar presente no julgamento", leu o juiz Henrique Pavão, presidente do colectivo de juízes.

A justificação de ausência do arguido não foi aceite pelos juízes, por não estar em conformidade com as regras judiciais. Por outro lado, o juiz Henrique Pavão avisou que "o TIR no Brasil não existe", respondendo à advogada de um casal estrangeiro lesado pelo jurista, que questionou se tinha existido alteração de medida de coacção.

Nestes termos, João Paulo Abreu é considerado um fugitivo à Justiça e será julgado à revelia. Só se for condenado é que será emitido um mandado de captura internacional.

No mesmo processo, tal como o CM noticiou ontem, são ainda acusados dos mesmos crimes Pedro Espírito Santo, ex-advogado da socialite Cinha Jardim, e um mediador imobiliário algarvio. Os dois arguidos estiveram presentes na primeira sessão de julgamento mas recusaram-se a prestar declarações perante os juízes. Confrontado pelo CM à saída, Pedro Espírito Santo remeteu para mais tarde qualquer declaração.

O julgamento continua hoje com a audição de lesados pelas alegadas burlas e algumas testemunhas.

BURLÃO JULGAMENTO VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)