Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Advogado condenado por auxílio à imigração ilegal

Arguido terá ainda de pagar 25 mil euros à Associação de Apoio à Vítima, pela gravidade dos crimes.
12 de Abril de 2013 às 15:40

Um advogado moçambicano foi esta sexta-feira à tarde condenado em Lisboa a cinco anos de cadeia, com pena suspensa, por 20 crimes de falsificação de documentos, e 19 crimes de auxílio à imigração ilegal.

O colectivo de juízes da 7.ª Vara Criminal de Lisboa decidiu absolver a irmã do arguido principal, que trabalhava como sua secretária, acusada de crimes semelhantes.

Sabirali Ali, advogado de ascendência indiana, foi investigado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras por gerir um negócio de legalização de imigrantes brasileiros em portugal, com base em documentação falsa.

O tribunal condenou ainda o advogado a pagar 25 mil euros à Associação de Apoio à Vítima, como condição devido à gravidade dos crimes.

Justiça Imigração tribunais condenação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)