Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Advogado de Rúben revoltado com a RTP

"Havia um compromisso que foi quebrado. Foi uma traição", afirma ao CM.
Paulo João Santos e Joana de Sales 4 de Setembro de 2016 às 01:45
Embaixador iraquiano enviou flores à família de Rúben
Jovem foi agredido pelos filhos do Embaixador do Iraque
Jovem está a recuperar em casa dos avós
Jovem sofreu várias intervenções cirúrgicas
Rúben já deu os primeiros passos, mas a recuperação ainda  vai ser longa
Jovem sofreu um traumatismo craniano e teve que fazer uma reconstrução facial
Jovem celebra 16.º aniversário em casa
Os gémeos iraquianos Haider e Ridha, de 17 anos
Rúben Cavaco foi agredido após deixar a namorada em casa
Embaixador iraquiano enviou flores à família de Rúben
Jovem foi agredido pelos filhos do Embaixador do Iraque
Jovem está a recuperar em casa dos avós
Jovem sofreu várias intervenções cirúrgicas
Rúben já deu os primeiros passos, mas a recuperação ainda  vai ser longa
Jovem sofreu um traumatismo craniano e teve que fazer uma reconstrução facial
Jovem celebra 16.º aniversário em casa
Os gémeos iraquianos Haider e Ridha, de 17 anos
Rúben Cavaco foi agredido após deixar a namorada em casa
Embaixador iraquiano enviou flores à família de Rúben
Jovem foi agredido pelos filhos do Embaixador do Iraque
Jovem está a recuperar em casa dos avós
Jovem sofreu várias intervenções cirúrgicas
Rúben já deu os primeiros passos, mas a recuperação ainda  vai ser longa
Jovem sofreu um traumatismo craniano e teve que fazer uma reconstrução facial
Jovem celebra 16.º aniversário em casa
Os gémeos iraquianos Haider e Ridha, de 17 anos
Rúben Cavaco foi agredido após deixar a namorada em casa
O advogado de Rúben Cavaco, o jovem violentamente agredido por dois filhos do embaixador do Iraque em Portugal, está revoltado pelo facto de a RTP ter falado com o seu cliente.

"Deixei claro a quem ia fazer o trabalho que só podiam falar com a mãe. Qualquer conversa com o Rúben estava fora de questão. Garantiram-me, sob compromisso de honra, que assim seria. Mas, aproveitando-se da bondade da mãe e de eu não estar presente, falaram com ele, gravaram a conversa e emitiram-na. Uma autêntica vergonha", afirmou ao CM Santana Leonardo.

Segundo o advogado, Rúben não pode falar sobre o processo, "não só porque não está em condições físicas nem psicológicas", mas também "por o caso se encontrar em segredo de justiça". "Quando soube o que se passou, liguei para a RTP e pedi para não passarem as declarações. Fi-lo ontem [sexta-feira] e hoje [sábado]. Não quiseram saber. Emitir a reportagem foi um completo abuso e uma grande traição", concluiu.

Ao CM, a mãe de Rúben, Vilma Boto, garantiu que desconhecia o compromisso da RTP com o advogado e que, por isso, permitiu que falassem com o filho.

Contactada pelo CM, a RTP esclareceu que "o testemunho foi autorizado e acompanhado pela mãe e com a concordância do jovem", acrescentando que "a RTP protegeu o jovem e não expôs o seu estado físico". Além disso, defende que "a relevância do testemunho deve-se ao facto de o jovem ser um elemento importante num processo que adquiriu contornos especiais e que envolve a diplomacia de dois países".

Este sábado, no dia do 16º aniversário do jovem, o CM esteve na casa dos avós paternos, onde Rúben está. "Já vai andando, mas tem algum desequilíbrio", diz a mãe, acrescentando que o filho está a "recuperar bem". Para já, a família vai ficar em Sacavém, estando o regresso a Ponte de Sor fora dos planos.
Rúben Cavaco Iraque Portugal RTP Santana Leonardo Vilma Boto Sacavém Ponte de Sor violência agressões
Ver comentários