Afastado subcomissário que agrediu adepto do Benfica à frente do filho

Filipe Silva deixa comando de esquadra por ordem do novo comandante.
Por Fátima Vilaça|05.01.18
  • partilhe
  • 2
  • +
Detenção violenta em Guimarães
O subcomissário Filipe Silva, que começa a ser julgado em abril por agredir à bastonada dois adeptos do Benfica, junto ao Estádio D. Afonso Henriques, Guimarães, já não é comandante da Esquadra de Investigação Criminal de Guimarães. O oficial foi substituído no cargo, esta terça-feira, por ordem do novo comandante da PSP de Braga, o superintendente Pedro Teles.

O subcomissário agressor chegou a estar afastado do cargo após os atos de violência filmados pela CMTV, mas assim que cumpriu os 90 dias de suspensão aplicados pela então ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, reassumiu as funções. Filipe Silva manteve-se no cargo mesmo depois de ter sido acusado pelo Ministério Público de dois crimes de ofensa à integridade física qualificada, dois crimes de falsificação de documento, e dois crimes de denegação de justiça e prevaricação. Em causa, a agressão à bastonada, socos e pontapés a um empresário de 42 anos e ao pai, de 73, em frente aos dois filhos menores.
Afastado subcomissário que agrediu adepto do Benfica à frente do filho

Com a saída de Manuel Gomes do Vale, o novo comandante nomeou novos oficiais, optando por afastar Filipe Silva.

Recebeu louvor da PSP
Há um ano, o então comandante da PSP de Braga, Manuel Gomes do Vale, atribuiu um louvor a Filipe Silva por "bons serviços em recintos desportivos". O superientendente, que se aposentou no verão, é, a par de outros oficiais do comando, testemunha abonatória de Filipe Silva no processo-crime.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De 05.01.18
    Vejamos a qualidade desse superintende reformado, <br/>o manuel gomes do vale, dar testemunha eabonatoria, e louvoures, <br/>a esse cobarde que se esconde atraz de um uniforme, <br/>abram processo criminal a esse ordinario reformado, <br/>tem mais de bandido que outra coisa, <br/>a pouca vergonha em Portugal ,,,,,,
6 Comentários
  • De jotana05.01.18
    somente afastado é muito pouco. Para além da penalização devia ser obrigado uma indemnização (não pequena) à criança que nunca mais esquecerá aquela cena horrível.
    Responder
     
     0
    !
  • De  Anónimo 05.01.18
    «Manuel Gomes do Vale, atribuiu um louvor a Filipe Silva por "bons serviços em recintos desportivos".»

    Que boçalidade! Estamos na América Latina?!
    Este Manuel Gonçalves do Vale deveria ser despromovido,
    Responder
     
     0
    !
  • De cortarelvas05.01.18
    Quem o manteve todo este tempo no cargo ?
    Responder
     
     0
    !
  • De cortarelvas05.01.18
    Vai também ter de pagar pelos danos psicológicos inflingidos à criança.para não falar dos físicos inflingidos ao pai.Gente desta estripe devia ser proibida de ter filhos.
    Responder
     
     0
    !
  • De cortarelvas05.01.18
    O Bava também recebeu um Louvor do Cavaco.Um é ladrão e o outro uma bestunta corpulenta que pôs uma criança a urinar-se toda ao sovar o pai.Vais pagar exemplarmente em tribunal.Merecias ir para onde tratam bem heróis como tu:Quinta do Conde,Reboleira,Cova da Moura,Bairro do Cerco...
    Responder
     
     0
    !