Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

AGREDIDO A SOCO DESTRÓI HOSPITAL

Homem sai à noite, homem vê-se envolvido em cena de pancadaria, homem fica ferido. O hospital é quase sempre o ponto final de casos como este. No entanto, na madrugada de ontem, um indivíduo de 23 anos, que dera entrada no Hospital de S. José com várias escoriações, recusou ser assistido e terá decidido vingar-se nas instalações, destruindo portas e um extintor.
11 de Novembro de 2004 às 00:00
De acordo com fonte policial, o homem, de 23 anos, tinha chegado a S. José, cerca das 05h30, apresentando vários ferimentos na cara. Se quanto ao ponto de partida não restam dúvidas, a Avenida 24 de Julho, as certezas são menos quanto às feridas.
Terça-feira houve festa universitária na discoteca Kapital, espaço nocturno da Avenida 24 Julho. Diz fonte da PSP de Lisboa que “o indivíduo foi agredido por um segurança da Kapital, que a polícia foi ao local e que identificou o segurança.”
Mas uma fonte ligada à discoteca apresenta uma versão diferente. “Era uma festa normal, semelhante a outras que fazemos todas as semanas. Pelo que consegui apurar, o indivíduo estava extremamente violento à porta, atirou-se à polícia, à nossa equipa e aos colegas”, explicou Filipa Rocha, da Kapital.
O incidente à porta da discoteca ocorreu pelas 05h15 e o ferido entrou no hospital pouco tempo depois. Segundo a PSP, encontrava-se embriagado, o que ajuda a explicar o que sucedeu depois.
“Recusou receber tratamento e causou distúrbios”, referiu um responsável policial. Algumas portas e um extintor na Urgência não escaparam à fúria do indivíduo, mas a lista de estragos ainda não está feita. “A administração ainda não recebeu o relatório do director da Urgência e, como tal, não é possível dizer o que foi destruído”, adiantou ao CM fonte do Hospital de S. José. Certo, para já, é o facto de o indivíduo ter sido identificado pela PSP devido aos distúrbios. E assistido por um médico devido aos ferimentos na face.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)