Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Agrediu mulher com martelo

Uma portuguesa de 55 anos foi brutalmente agredida pelo marido, anteontem, nos arredores de Madrid, Espanha. O agressor bateu na mulher com um martelo – provocando-lhe um grave traumatismo crâneoencefálico – e atirou-se de uma passagem superior para a auto--estrada Madrid-Barcelona, morrendo debaixo de um camião frigorífico.
21 de Abril de 2005 às 00:00
As agressões tiveram lugar no apartamento do casal, em Algete, pelas 09h30. Isalda dos Ramos (natural de Bragança) e o marido António (espanhol de Jaén) discutiram e o homem acabou por a agredir repetidamente com o martelo.
Os vizinhos chamaram as autoridades e o agressor, de 52 anos, fugiu de carro.A mulher foi evacuada de helicóptero para o hospital local, onde ainda se encontrava ontem à tarde em estado grave. Segundo fonte médica, a vítima perdeu massa encefálica.
O agressor acabou, pouco depois, por se suicidar quando já era procurado pela polícia. O homem atirou-se de uma passagem superior para a auto-estrada Madrid-Barcelona, de uma altura de cerca de cinco metros. Foi atropelado por um camião frigorífico e teve morte imediata.
Só foi possível identificar o cadáver do agressor devido a um conjunto de chaves que levava num bolso e que eram do seu carro. O casal tinha três filhos.
Ver comentários