Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Agressor da claque No Name Boys tem pulseira mas pode sair para trabalhar

Tribunal de Ponta Delgada decidiu revogar a prisão preventiva.
F.V. 14 de Fevereiro de 2019 às 08:43
Elemento dos No Name Boys
Benfica
Estádio da Luz
Elemento dos No Name Boys
Benfica
Estádio da Luz
Elemento dos No Name Boys
Benfica
Estádio da Luz
O Tribunal de Ponta Delgada decidiu revogar a prisão preventiva do elemento da claque No Name Boys, afeta ao Benfica, detido em janeiro, por provocar distúrbios numa discoteca depois de um jogo dos encarnados nos Açores.

O contabilista, da zona de Lisboa, vai ficar preso em casa, com pulseira eletrónica, mas pode sair para trabalhar.

Eduardo Luís está autorizado a sair de casa, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, para se dirigir à empresa onde trabalha.

As ausências terão que ser monitorizadas pelos serviços prisionais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)