Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Agressor paralisado com gás

Polícias do Porto recorreram ontem a gás paralisante para dominar um homem que alegadamente os tentou agredir à facada, informou o Comando Metropolitano da PSP.
13 de Janeiro de 2005 às 00:00
Em comunicado, o comando policial detalha que o caso surgiu na sequência de incidentes domésticos, cerca das 03h00, no Bairro do Viso, naquela cidade, envolvendo um desempregado de 33 anos.
De acordo com o comunicado, efectivos da 18.ª Esquadra foram chamados ao local porque o homem se encontrava “a ameaçar a progenitora e a destruir o recheio da habitação” comum.
O comunicado precisa que o desempregado resistiu à detenção durante cerca de uma hora, barricado na habitação, enquanto injuriava os polícias e lhes atirava pedaços de vidro, com que também se feriu.
Acabou por se entregar, mas, “contrariamente ao esperado, tornou-se novamente muito agressivo e muniu-se de duas facas com que tentou golpear um dos agentes”, precisa o texto.
Nessa altura, os agentes recorreram, então, ao gás paralisante.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)