Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Agride mulheres e segue caminho

O suspeito atua entre o Campo Grande e Entrecampos.
João Tavares 24 de Maio de 2015 às 08:55
O agressor ataca nesta zona de Lisboa, entre o Campo Grande e Entrecampos
O agressor ataca nesta zona de Lisboa, entre o Campo Grande e Entrecampos FOTO: Pedro Simões

Uma vaga de agressões tem deixado em sobressalto quem, diariamente, faz o trajeto a pé entre o Campo Grande e Entrecampos, em Lisboa. Um homem, de 40 anos, agride, de forma gratuita, quem por ele passa. As vítimas têm um ponto em comum: são todas mulheres.

O agressor já foi intercetado três vezes desde o início do ano (janeiro, março e na última terça-feira) por polícias da esquadra do Campo Grande.

Na passada segunda e terça-feira, a PSP teve registo de quase uma dezena de agressões. O homem foi detido, mas só lhe é imputado um caso. Saiu em liberdade. As restantes queixas são contra desconhecidos. Contudo, as características fisionómicas apontam para ele. "Eu tinha saído do metro e ia para o trabalho. Quando estava a andar, só senti um impacto na cabeça. De início, nem percebi o que tinha sido. Só depois reparei que foi um homem que me deu um soco e continuou a andar como se nada fosse", disse uma vítima ao CM.

Pedro Sobral, dono do café Grã Via, confirma a situação e acrescenta que o homem também incomoda os clientes.

agressão mulheres lisboa campo grande entrecampos