Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Agridem homem em assalto armado

Dois homens armados com um revólver assaltaram, ontem de manhã, uma mercearia em Real, Castelo de Paiva, e agrediram o proprietário, de 67 anos. A GNR capturou um deles, pouco depois, e recuperou 500 dos mais de sete mil euros roubados.

23 de Setembro de 2011 às 01:00
Proprietário da mercearia, Manuel Quintas, foi agredido pelos dois ladrões armados
Proprietário da mercearia, Manuel Quintas, foi agredido pelos dois ladrões armados FOTO: Francisco Manuel

"Foi assustador ter o revólver apontado. Só pedia a Deus para não dispararem", recordou ao CM Manuel Quintas, pouco depois do assalto à mercearia numa rua em frente ao largo da igreja de Real. Mal entraram na loja, os dois ladrões, que aparentavam cerca de 20 anos, fecharam as portas, sacaram da arma e exigiram o dinheiro que o sexagenário guardava debaixo do balcão.

"Assim que disseram que era um assalto eu gritei, mas ninguém me ouviu", conta Manuel, ainda combalido por causa da agressão que sofreu. Um dos assaltantes reagiu, entrou no balcão, empurrou violentamente o sexagenário para o chão e tapou-lhe a boca. "Eles só diziam, rápido, rápido, mas eu não podiafazer nada e foram eles quepegaram na saca plástica que estava debaixo do balcão com cerca de 7 mil euros", acrescenta a vítima.

Com as informações recolhidas junto dos populares, a GNR conseguiu interceptar um dos assaltantes, de 22 anos, junto à escola de Nojões, onde reside. Com ele tinha cerca de 500 euros. O cúmplice, que estava na posse do revólver, conseguiu escapar com o restante dinheiro. À hora de fecho desta edição continuava a monte. A Polícia Judiciária do Porto investiga.

ROUBO ASSALTO CASTELO DE PAIVA AGRESSÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)