Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

“Ai dona Maria, que eu matei-a”: Homem assassina namorada à facada na Maia

Em causa estava fim da relação, pedido pela mulher, de 50 anos. Homicida cometeu crime em frente aos filhos, de 12 e 19 anos.
Secundino Cunha e Nelson Rodrigues 19 de Janeiro de 2021 às 01:30
A carregar o vídeo ...
“Ai dona Maria, que eu matei-a”: Vizinha conta como homem matou a namorada na Maia
Uma mulher de 50 anos foi esta segunda-feira, ao início da noite, morta pelo namorado, com uma facada na barriga, em Vermoim, Maia.



Ao que o CM apurou, Carmo foi a casa de Sérgio terminar a relação. Gerou-se uma discussão, na cozinha do apartamento do homicida, tendo o homem, de 48 anos, esfaqueado mortalmente a namorada com uma faca da cozinha.

Em casa estavam dois filhos do homem, de 12 e 19 anos. O mais novo pediu socorro a uma vizinha, enquanto o mais velho ligou para o 112. "Quando lá cheguei, o Sérgio disse-me: ‘Ai dona Maria, que eu matei-a.’ Vi-a no chão, numa poça de sangue", disse ao CM Maria Vieira.
dona Maria Maia Vermoim Sérgio crime lei e justiça violência doméstica homicídio
Ver comentários