Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

“Ainda estamos a apurar as dívidas”

Pelo menos quatro condomínios têm dívidas por pagar depois da administradora da empresa que geria os edifícios, em Olhão, ter desaparecido com dinheiro pago pelos condóminos.
17 de Outubro de 2012 às 01:00
Empresa fechou as portas
Empresa fechou as portas FOTO: filipe farinha

"Ainda estamos a apurar as dívidas, mas andam na ordem dos três mil euros", referiu ao CM Jorge Alexandre, um dos moradores de um prédio na rua da Feira, em Olhão, com 15 apartamentos, que estava a ser gerido pela empresa Cláudiamosa.

Outro edifício, na avenida da República, tem uma dívida que ascende a perto dos quatro mil euros. "Vamos avançar com um processo em tribunal", assegurou Maria Donath, uma das moradoras. No caso do prédio de Cláudia Sousa, outra lesada, a dívida à EDP é de 194,31 euros e não de 19 544 euros, como o CM erradamente noticiou.

O CM tentou ontem contactar Cláudia Mosa, mas a administradora está incontactável.

Condomínio Burla
Ver comentários