Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

ALARME AFUGENTA LADRÕES

Soltaram primeiro os cães. Depois, fizeram uma barreira com contentores para tapar as vistas desde a estrada. Com o local preparado começou o trabalho: roubar o cofre do Ecomarché na Merceana, Alenquer, na madrugada de ontem.
25 de Outubro de 2003 às 00:00
Esta a sequência que as câmaras de videovigilância daquele estabelecimento da cadeia Intermarché registaram das actividades de um 'gang' de três homens que tentaram o roubo. Só não o conseguiram porque o cofre estava soldado ao chão e, entretanto, foi accionado um alarme no próprio escritório.
Os três indivíduos, brancos e um deles corpulento, que calça o 48/49, actuaram de rosto tapado e de luvas, entre a meia-noite e as 03h00. Este grupo é já suspeito da prática de outros assaltos a vários supermercados, em especial na Região Centro.
Nas imagens do vídeo de vigilância constata-se ainda que pelo menos um deles estaria armado.
Durante esse tempo, os assaltantes fizeram cinco buracos no telhado, para sondar onde estava o cofre e, finalmente, depois de o localizarem, um rombo na parede do escritório.
"Vinham objectivamente ao cofre, pois nem levaram os dois vídeos que estavam também no escritório", disse ao CM o gerente da loja, Aníbal Rodrigues.
Os assaltantes, que acederam ao telhado subindo sobre várias paletes de garrafas e um contentor, tentaram ainda desligar uma das câmeras de vigilância junto à cobertura do edifício. Como não o conseguiram, derrubaram um candeeiro de iluminação exterior, na tentativa de escurecer o local.
No telhado, desaparafusaram várias placas, fazendo sondagens até achar o escritório onde estava o cofre da loja. Depois, enquanto um ficou na cobertura a dar orientações, os outros dois arrombaram a parede.
A entrada dos marginais fez accionar um alarme interno. Eram cerca das 03h00. Logo de seguida, quando constataram que o cofre estava soldado ao chão, abandonaram precipitadamente as instalações.
"Isto aparenta ser feito por alguém que conhece muito bem a localização das lojas e provavelmente também a estrutura das mesmas", comentou ainda Aníbal Rodrigues.
CORPULÊNCIA
As imagens da videovigilância mostram que um dos assaltantes é de grande corpulência e aparenta levar uma arma no lado direito. O rombo na parede revelou-se um trabalho fácil.
GOLPES PLANEADOS AO PORMENOR
Rostos tapados, armados e visando apenas o roubo de dinheiro. Este o retrato que se pode fazer dos autores do assalto de ontem à loja Ecomarché de Merceana, Alenquer e que se suspeita terem também assaltado outros supermercados, em acções com as mesmas características.
O que as câmaras de vigilância registaram, desde o soltar dos cães para não ladrarem, a montagem de uma barreira de contentores para tapar as vistas desde a estrada, a tranquilidade com que operaram, até ao actuar de rosto tapado e de luvas demonstra tratar-se de gente habituada a este tipo de golpes e que os planeia bem.
Para os responsáveis das lojas, o grupo demostra conhecer bem a localização dos estabelecimentos e a estrutura interna dos mesmos. Ao mesmo tempo, actuam sob uma estratégia que aparenta terem começado na Região Centro e progredido para Sul.
Um dos indivíduos, na ocasião do assalto com um blusão claro nas costas e mangas e escuro à frente, com capuz e que nos vídeos aparenta estar armada, é de grande corpulência e calça um 48/49.
Os três assaltantes, de cabelo escuro e curto, são brancos.
OUTROS CASOS
ÁGUEDA
No dia 20 deste mês, um hipermercado Lidl foi alvo de uma tentativa de assalto. Os assaltantes entravam pelo telhado mas fugiram com o activar de um alarme.
FAFE
A 17 deste mês, o Intermarché de Fafe foi arrombado pelo telhado. Destruíram uma caixa Multibanco, levaram artigos de perfumaria e fugiram com o soar dos alarmes.
BAIRRADA
No dia 13, a caixa Multibanco do Intermarché da Bairrada foi partida com auxílio de uma rebarbadora e o cofre interior arrombado.
OLIVEIRA DO BAIRRO
Já no dia 9, o Pingo Doce de Oliveira do Bairro foi atacado pelo telhado. Os assaltantes arrombaram uma caixa Multibanco e várias registadoras.
ÁGUEDA
A 8 de Setembro, o hipermercado Modelo de Águeda foi alvo dos ladrões que, entrando pelo telhado, arrombaram duas caixas Multibanco e uma loja de telemóveis.
BENEDITA
A 14 de Julho, o filho do dono do Intermarché da Benedita foi assaltado no hipermercado por três homens que o agrediram e obrigaram a dar a chave do cofre.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)