Alemão morre após saltar de 100 metros de altura na Nazaré

Equipamento não abriu a tempo e homem morreu em frente a três amigos e ao seu cão.
Por Sérgio A. Vitorino e José Durão|20.11.18
Dominik Loyen, alemão de 50 anos, já havia saltado várias vezes nos últimos dias do Sítio da Nazaré. O apaixonado da modalidade radical basejump (saltos de paraquedas de falésias, prédios ou pontes) tentou esta segunda-feira repetir a proeza dos mesmos 100 metros mas o paraquedas não abriu e morreu esmagado contra as pedras junto à praia.

Vídeo chocante mostra momento da queda de paraquedista na Nazaré
Deixou em choque o português Bruno Valente, que saltou ao seu lado, ao mesmo tempo, assistindo à morte.

O alemão, que no dia 10 atravessou a Europa desde a Suíça, onde vive, trouxe o seu cão Cliffy (inglês para falésia) e encontrou-se com dois amigos saltadores, um russo e outro norueguês.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!