Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Alemão que matou dois homens no Pico confessa crimes

Homem era considerado muito violento, tinha licença de uso e porte de arma e tinha em casa um silenciador de armas ilegal.
Tânia Laranjo 21 de Setembro de 2022 às 16:38
A carregar o vídeo ...
Alemão que matou dois homens no Pico confessa crimes

O homem de nacionalidade alemã suspeito de matar dois amigos reformados na ilha do Pico, nos Açores, confessou os crimes.

Segundo o CM conseguiu apurar, o homem terá dito às autoridades que queimou os corpos. Testemunhas contam que poucas horas após o desaparecimento sentiram um fumo intenso e um cheiro muito forte nas imediações do local onde os corpos terão sido queimados. Nessa zona, foram encontrados invólucros, manchas de sangue e vestígios humanos.

A Polícia Judiciária procura agora os corpos dos dois homens, Mário Coucelos e Mário Sobral, dois amigos reformados, de 65 e 74 anos, que se dedicavam à prospeção de terrenos na ilha do Pico, onde viviam. O alemão, de 60 anos, terá cometido o crime por não querer vizinhos

Ao que o CM conseguiu apurar, o homem era considerado muito violento, tinha licença de uso e porte de arma, tinha em casa um silenciador de armas ilegal, andava sempre de máscara, boné e luvas e costumava ameaçar pescadores que se aproximavam do local onde morava. Os vizinhos não lhe conheciam o rosto. 

Ilha do Pico Açores alemão crime Polícia Judiciária
Ver comentários