Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Absolvidos os agentes da PSP acusados de agredir um adepto do Boavista

Caso ocorreu minutos antes de um jogo entre o Vitória e o Boavista. Um homem, na altura com 35 anos, sofreu diversas escoriações e ficou cego de um olho.
Correio da Manhã 7 de Novembro de 2019 às 14:27
Sentença está marcada para o dia 7 de novembro no Tribunal de Guimarães
Sentença está marcada para o dia 7 de novembro no Tribunal de Guimarães FOTO: CMTV
Onze agentes da PSP, acusados de agredir um adepto do Boavista em 2014, foram absolvidos esta quinta-feira.

Tribunal entende que não há dúvidas de que na sala de audiências estariam os três polícias que agrediram o adepto do Boavista, mas se consegue identificar quem são os três arguidos. Juíz diz que "prefere, em consciência, absolver todos, do que condenar arguidos inocentes". 

Nas alegações finais do caso das agressões a um adepto do Boavista, junto ao Estádio D. Afonso Henriques, em outubro de 2014, o Ministério Público (MP) pediu pena de prisão efetiva para os onze agentes da equipa 42 do Corpo de Intervenção da PSP do Porto, que, no âmbito deste processo, se sentaram no banco dos réus. 

Caso ocorreu minutos antes de um jogo entre o Vitória e o Boavista e a vítima das agressões, um homem na altura com 35 anos, sofreu diversas escoriações e ficou cego de um olho.

PSP Boavista crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)