Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

20 anos de prisão para homem que assassinou namorada com um x-ato em Leiria

Adilson Venâncio, de 35 anos, matou Helena à frente dos filhos menores.
Correio da Manhã 4 de Dezembro de 2020 às 14:48
Helena Anacleto tinha chegado ao País há quatro meses
Adilson Venâncio, o homicida
Helena Anacleto tinha chegado ao País há quatro meses
Adilson Venâncio, o homicida
Helena Anacleto tinha chegado ao País há quatro meses
Adilson Venâncio, o homicida
O homem julgado por matar a namorada à frente dos filhos menores com um x-ato, em dezembro de 2019, em Leiria, foi esta sexta-feira condenado a 20 anos de prisão.

O homem entrou na casa de banho da habitação e a vítima estava junto da banheira. Com o pescoço cortado, Helena Anacleto ainda se arrastou até ao sofá, onde viria a morrer em frente aos filhos de 2 e 6 anos.

As crianças ficaram várias horas escondidas, com medo, debaixo de uma mesa, até à chegada das autoridades ao local. 

"Não tinha intenção de a matar. Gostava muito dela e não queria que ela me deixasse, como tinha dito", afirmou o homicida em tribunal. Adilson Venâncio, de 35 anos, chegou a julgamento acusado de um crime de homicídio qualificado e mostrou-se arrependido perante o coletivo de juízes.
Leiria crime lei e justiça morte violência prisão
Ver comentários