Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Problemas técnicos levam hidroavião a amarar no rio Minho em Caminha

No aparelho seguiam dois tripulantes espanhóis. Veja as imagens.
Correio da Manhã e Lusa 15 de Outubro de 2019 às 16:22
Aeronave cai no rio Minho em Caminha
Aeronave cai no rio Minho em Caminha
 Aeronave cai no rio Minho em Caminha
Aeronave cai no rio Minho em Caminha
Aeronave cai no rio Minho em Caminha
 Aeronave cai no rio Minho em Caminha
Aeronave cai no rio Minho em Caminha
Aeronave cai no rio Minho em Caminha
 Aeronave cai no rio Minho em Caminha
Um hidroavião espanhol pousou esta terça-feira no leito do rio Minho, em Caminha, causando um falso alarme, segundo confirmou ao CM o diretor do aeródromo do Cerval, José Gomes, de onde o hidroavião partiu.  

De acordo com a Polícia Marítima de Caminha, na aeronave, que teve problemas técnicos, seguiam dois ocupantes que se encontram em terra. A manobra não causou feridos.

Segundo o capitão do Porto e comandante da Polícia Marítima de Caminha, Pedro Costa, "os dois tripulantes espanhóis não necessitaram de assistência médica".

"Foi uma manobra controlada. A avioneta realizou uma amaragem devido a problemas técnicos detetados durante o voo", explicou.

Segundo Pedro Costa a "avioneta foi amarada ao Cais da Rua, em Caminha, para tentar resolver os problemas técnicos".

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo o alerta foi dado cerca das 15h53.

Ao local compareceram 21 operacionais e sete viaturas dos bombeiros, Polícia Marítima, e meios da Câmara de Municipal de Caminha.


Minho Caminha acidente
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)