Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Duplo homicida de Valpaços detido pela PJ

Paula Cunha e Laurindo Cunha, de 49 e 53 anos, foram mortos a tiro no sábado quando trabalhavam numa propriedade agrícola.
Patrícia Moura Pinto 2 de Junho de 2020 às 19:51
José Elias
Paula e Laurindo Cunha
Paula Cunha morreu vítima de um disparo de arma de fogo
José Elias
Paula e Laurindo Cunha
Paula Cunha morreu vítima de um disparo de arma de fogo
José Elias
Paula e Laurindo Cunha
Paula Cunha morreu vítima de um disparo de arma de fogo
José Elias, o principal suspeito de no sábado ter assassinado com arma de fogo Laurindo e Paula Cunha, de 53 e 49 anos, foi esta terça-feira detido pela PJ de Vila Real, em Avarenta, Valpaços.

Durante o dia desta quarta-feira pode ser presente a um juiz de instrução para conhecer as medidas de coação. A detenção acontece três dias depois do crime.

Recorde-se que o suspeito, de 66 anos e cunhado das vítimas, já havia sido levado numa viatura da GNR até à PJ de Vila Real, na tarde de sábado, dia do crime.

Mas, depois de várias horas de interrogatório, acabou por ser libertado, já durante a madrugada de domingo. Foi constituído arguido.

Desde então, o medo tomou conta dos populares da aldeia que evitavam sair à rua. Ali, todos acreditavam que José Elias seria o autor do duplo homicídio, uma vez que eram conhecidas desavenças entre os intervenientes, relacionadas com a caça.

Esta terça-feira, durante a tarde, assistiram-se a várias movimentações da GNR, que estava a ‘preparar o terreno’ para que a Judiciária avançasse para a detenção.

O homem esteve várias horas a prestar declarações nas instalações da PJ de Vila Real.

homicídio crime crime lei e justiça Vila Real PJ Valpaços
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)