Homem que assassinou ex-namorada à facada condenado a 19 anos de prisão

Decisão foi conhecida esta quinta-feira no Tribunal de Castelo Branco. Caso aconteceu no Fundão.
14.03.19
João Silva foi esta quinta-feira condenado a 19 anos de prisão, o homem estava acusado de assassinar Vera Lopes, a sua ex-namorada, na aldeia de Aldeia Nova do Cabo, no Fundão.

A defesa do homicida confesso alegou que este agiu sob um "surto psicótico" e pediu que o crime fosse considerado homicídio privilegiado, punido com uma pena não superior a cinco anos. Mas foi esta quinta-feira condenado a 19 anos de prisão.

Vera Lopes foi assassinada em casa, onde estava um dos seus três filhos menores, depois de ter pedido a João Silva que ali se deslocasse para discutirem o fim da relação entre ambos, que durou três anos. A vítima foi atingida com pelo menos 85 facadas em várias partes do corpo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!