Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Marcelo recebido com protestos dos lesados do BES na Universidade do Porto

Um homem sentiu-se mal durante os protestos.
22 de Março de 2019 às 15:09
A carregar o vídeo ...
Um homem sentiu-se mal durante os protestos.
Marcelo Rebelo de Sousa foi recebido com protestos dos lesados do BES na Universidade do Porto. Protestantes queriam pedir ao presidente que os recebesse e os ouvisse. 

O grupo de protestantes continua a lutar pelos seus direitos e quis falar pessoalmente com o Presidente da República.

"Tenho acompanhado um processo que é longo. Trata-se dos lesados que não aceitaram acordo. A grande maioria aceitou. A maioria quer agora encontrar uma solução. Vamos ver o que é possível fazer", começou por dizer Marcelo aos jornalistas.

Um dos manifestantes disse à CMTV que o Presidente da República garantiu que vai receber os lesados do BES na próxima semana, numa reunião que servirá para serem discutidas questões referentes aos lesados do BES. 

Um homem acabou por se sentir mal durante os protestos, que tiveram de ser acalmados pelas autoridades, e recebeu assistência.

Para os lesados do BES, que estão indignados com a situação já há vários anos, não há outra solução a não ser ficarem com o dinheiro que lhes pertence.

Também esta tarde, um grupo de bolseiros entregou uma carta a Marcelo Rebelo de Sousa a pedir melhores condições.

Amanhã vai realizar-se outro protesto, na Praça de Gomes Teixeira, mais conhecida por Praça dos Leões, no Porto.

"Os primeiros dias foram dramáticos"

O presidente da República falou também sobre os militares que já estão em Moçambique, onde há mais de 30 portugueses desaparecidos na sequência do ciclone Idai, garantindo que não há registo de qualquer vítima mortal de nacionalidade portuguesa.

"Tenho acompanhado diariamente o que se passa lá. Os primeiros dias foram damáticos para todos. Pouco a pouco foram reatadas as comunicações. Até agora não temos nenhum dado de que se possa falar de algum compatriota falecido, mas foi um choque brutal", sublinhou Marcelo. 

"Temos estado a canalizar energias. Percebo aquilo que vai no coração e na cabeça dos compatriotas. Estamos a tentar melhorar aos poucos a situação", confessou.
Marcelo BES Porto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)