Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Advogado e alta funcionária das Finanças detidos em megaoperação da PJ de combate à corrupção

Buscas estão a ser feitas em vários departamentos de Norte a Sul do País.
Tânia Laranjo 14 de Maio de 2019 às 09:30
A carregar o vídeo ...
Buscas estão a ser feitas em vários departamentos de Norte a Sul do País.
A Polícia Judiciária está a efetuar uma megaoperação com buscas em todo o País, atacando as Finanças, num combate ao crime económico de corrupção. Já foram feitas duas detenções, entre as quais um advogado e uma alta funcionária das Finanças.

As buscas feitas aos escritórios deste advogado, da empresa António Taveira & Associados, estão a ser naturalmente acompanhadas por um magistrado judicial após ter sido indiciado de corrupção ativa para ato lícito.

Já a alta funcionária das Finanças alvo destas buscas está indiciada por corrupção passiva para ato ilícito.



Segundo um comunicado da PJ, a operação mobilizou várias dezenas de elementos da Polícia Judiciária, bem como Magistrados Judiciais e do Ministério Público, tendo sido realizadas cerca de 13 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, em Lisboa, Mafra, Coruche, Alcochete, Vendas Novas e Montijo.

A PJ vai fazer a apreensão de documentos em vários Departamentos de Finanças, assim como material informático. Investigam-se crimes de corrupção, tendo sido a Unidade de Combate à Corrupção que desencadeou estas buscas e que está em campo.

Para além destes organismos do Ministério das Finanças, representantes da Fazenda Pública também estão a ser alvo desta investigação, devido a penhoras.

Os dois detidos têm agora 48 horas para serem presentes ao juiz num primeiro interrogatório.
Polícia Judiciária País crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)