Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Ministério Público pede pelo menos oito anos de prisão para dupla de jihadistas portugueses

Defesas dos dois arguidos pedem absolvição por falta de provas.
João Carlos Rodrigues 9 de Novembro de 2020 às 17:12
Rómulo Costa
Rómulo Costa
Já terminaram alegações finais do processo dos jihadistas que se realizaram ao longo desta segunda-feira à tarde no Campus de Justiça, em Lisboa. Segundo o que o Correio da Manhã apurou, o MP pede pena superior a oito anos, defesas dos dois arguidos pedem absolvição por falta de provas

Recorde-se que se realizaram as alegações finais do julgamento de Rómulo Costa e Cassimo Turé, acusados de adesão, financiamento e recrutamento para terrorismo.

O Ministério Público acusou um total de oito homens pelos mesmos crimes. Face à ausência de seis arguidos, só Rómulo e Cassimo foram julgados. O primeiro nega qualquer ligação ao grupo terrorista Daesh, apesar de reconhecer ser muçulmano.
Ver comentários