Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Desabamento na Linha Azul do Metro de Lisboa provoca quatro feridos

Muitas pessoas abandonaram o local em pânico. Circulação foi retomada por troços entre Amadora e Laranjeiras e Marquês e Santa Apolónia.
Sérgio A. Vitorino 29 de Setembro de 2020 às 14:42
A carregar o vídeo ...
Veja as imagens do local onde ocorreu o desabamento na Linha Azul do Metro de Lisboa

Um desabamento no metro de Lisboa, na zona de obras de requalificação na Praça de Espanha, em Lisboa, provocou quatro feridos ligeiros, confirmou ao CM a PSP de Lisboa.

Muitas pessoas abandonaram o local em pânico. A gravidade da situação ainda está a ser avaliada pelos meios de socorro. O incidente terá ocorrido entre as estações da Praça de Espanha e São Sebastião, tendo a circulação na Linha Azul sido interrompida, confirmam ao CM fontes do Metro, PSP e bombeiros. Foi já aberto um inquérito para averiguar as causas do acidente. A circulação foi retomada parcialmente às 16h15 entre Amadora e Laranjeiras e Marquês e Santa Apolónia.

Os danos materiais estarão contidos e os feridos poderão ter sido causado pelo pânico durante a fuga da composição sobre a qual desabou parte do teto do túnel. As pessoas partiram as janelas para saírem e correram pelo interior do túnel até à plataforma. De acordo com o vereador com o pelouro da Proteção Civil, Carlos Castro, seguiam 300 pessoas na composição no momento do acidente.

Duas das quatro vítimas foram transportadas pelo INEM ao hospital e as outras duas receberam apenas assistência no local. Segurança do metropolitano entre os feridos.

O alerta foi dado às 14h23, estando a ser mobilizados para o local meios dos Sapadores de Lisboa, do INEM e da PSP. Os Sapadores já têm no local 20 elementos apoiados por seis viaturas.


Praça de Espanha Lisboa Metro questões sociais ferido autoridades
Ver comentários