Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

PJ apanha 400 quilos de cocaína em Sines. Dois portugueses entre os seis detidos

Droga foi avaliada em perto de 200 milhões de euros.
Correio da Manhã 13 de Agosto de 2020 às 09:15
cocaína, apreensão
cocaína, apreensão FOTO: CMTV

A PJ deteve seis homens, dois deles portugueses, cabecilhas de uma rede internacional de tráfico de droga à qual foi apreendido, na terça-feira, um contentor com 400 quilos de cocaína. A droga, avaliada em perto de 200 milhões de euros, entrou em Portugal pelo porto de Sines.

De acordo com a PJ, que anunciou esta quinta-feira as detenções e a apreensão, a investigação teve início em finais de abril. Na operação ‘Vento Norte’ foi descoberta a cocaína, dissimulada no contentor com origem no Brasil, "com elevado grau de pureza" e suficiente para mais de 4 milhões de doses. 

Em declarações ao CM, Norberto Martins, Diretor da Diretoria Norte da Polícia Judiciária, o contentor transportada sumo de polpa de morango, importada a pedido de um comerciante português.

"Estamos convencidos de que o papel dos dois portugueses era de operacionalizar a descarga e o transporte da cocaína", referiu ainda Norberto Martins.

Além dos dois portugueses foram ainda detidos quatro espanhóis. Têm todos entre os 20 e os 51 anos e vão ser esta quinta-feira presentes a tribunal.

A operação envolveu a PJ do Norte, a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes e a Autoridade Tributária.

PJ Porto de Sines Polícia Judiciária crime lei e justiça polícia estupefacientes coronavírus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)