Português mata mulher e filho a tiro na Suíça

Américo Reis entregou-se às autoridades horas após o crime.
26.04.18
Um português, de 49 anos, é suspeito de matar a mulher e o filho a tiro na habitação da família, esta quarta-feira em Payerne, na Suíça, segundo avança o 20 Minutes.
Amigos de portuguesa abatida pelo ex-marido contam relação conturbada

Américo Reis terá disparado sobre as vítimas mais de 30 vezes. Os corpos de Ana Bela Reis e o do filho mais velho do casal, de 19 anos, foram encontrados nas escadas do prédio. 

Adelino Sá, jornalista do jornal português na Suíça Gazeta Lusófona, conta ao CM que os amigos da vítima contam que o casal estava separado desde o início do ano. Os relatos falam de uma relação tumultuosa, marcada por muitas discussões ente Américo e Ana Bela. O casal estaria em processo de divórcio - já viviam em casas separadas, mas Américo não terá aceitado bem o final da relação.
Amigo de português que matou a mulher e filho descreve "um homem calmo"

Esta terá saído de casa, dando por findo o casamento, do qual existe um filho mais novo, um rapaz de 13 anos.

Américo Reis, oriundo de Santa Maria da Feira, trabalhava como chefe de equipa numa empresa de construção e era um praticante da modalidade desportivo de tiro. Tinha várias armas, que estariam legalizadas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!