Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Vivenda onde triatleta Luís Grilo foi morto não é paga desde o ano passado

Banco pode ficar com a casa avaliada em cerca de 150 mil euros.
12 de Junho de 2019 às 23:37
A carregar o vídeo ...
Banco pode ficar com a casa avaliada em cerca de 150 mil euros.

A vivenda que pertencia a Luís Miguel Grilo e onde de resto o triatleta foi morto não é paga desde o ano passado. O banco pode ficar com a casa avaliada em cerca de 150 mil euros.

A CMTV esteve dentro da casa onde Luís Miguel Grilo foi executado com um tiro na cabeça.

Recorde-se que a defesa do amante de Rosa Grilo vai a tribunal pôr em causa as provas recolhidas pelo Laboratório de Polícia Científica (LPC) - o CSI da PJ - e que ligam António Joaquim ao homicídio do triatleta Luís Miguel Grilo. A estratégia é revelada na contestação da acusação do amante de Rosa Grilo, à qual o CM teve acesso.

No documento, o advogado do arguido pede acesso às "fotografias 360o tiradas a todos os projéteis resultantes dos disparos experimentais feitos pelo LPC".

Foi este exame que permitiu ligar a bala encontrada na cabeça de Luís Miguel Grilo à arma apreendida em casa de António Joaquim. As estrias das munições e o cano da pistola correspondem a uma arma idêntica à arma do amante de Rosa Grilo - uma CZ 7,65 mm, pouco comum em Portugal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)