Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Alforrecas levam alunos a hospital

Onze alunos, entre oito e dez anos, da EB1 da Praia, em Vila Nova de Gaia, foram ontem hospitalizados depois de terem ficado com alergias na pele, ao que tudo indica devido ao contacto com alforrecas, durante uma actividade do ATL na praia. As crianças acabaram por ter alta poucas horas depois e regressar à escola. Os pais foram avisados por telefone.

16 de Julho de 2011 às 00:30
Alunos da EB1 da Praia tiveram de ser socorridos quando regressaram ao ATL
Alunos da EB1 da Praia tiveram de ser socorridos quando regressaram ao ATL FOTO: Joana Neves Correia

As crianças, do 3º e 4º anos, estavam a participar, juntamente com colegas mais pequenos, no último dos 15 dias da escola na praia das Pedras Amarelas, em Canidelo. "Fizeram várias actividades e uma delas era experimentar a prancha de surf com o nadador-salvador", contou ao CM a presidente da Associação de Pais e responsável pelo ATL, Natália Coutinho.

Foi nessa actividade que apenas 11 dos 15 alunos mais velhos que foram à água começaram a sentir irritação na pele e comichão por todo o corpo. Quando regressaram à escola, pelas 13h00, os sintomas pioraram. "Ligaram ao INEM e depois aos pais das 11 crianças a avisar que seria uma alergia", explicou Natália Coutinho.

A versão é confirmada por uma familiar de um dos menores. "Disseram que tinha ido para o hospital com qualquer coisa na água que tinha feito alergia mas que estava bem. Depois até quis ficar no ATL", disse Maria Solange, avó de uma aluna, de 8 anos. As crianças foram para o Hospital Santos Silva, de onde tiveram alta às 15h00 e regressaram à escola.

ALFORRECAS HOSPITAL GAIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)