Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

ALGARVE CHEIO DE TENDAS

Os parques de campismo algarvios registam actualmente um aumento de clientes em relação ao ano passado, ao contrário do que se passa na hotelaria tradicional.
20 de Agosto de 2002 às 22:08
A opção por esta forma de alojamento foi a solução encontrada por muitos portugueses para conseguirem fazer férias mais económicas. Um outro sinal de que o tempo é de 'vacas magras' prende-se com o facto de haver mais gente a acampar, mas as estadas serem mais curtas, conforme apurou o Correio da Manhã.

Exemplo disso é o que se passa no Parque de Campismo da Fuzeta, onde se verificou um aumento do número de clientes no corrente mês em comparação com período idêntico do ano passado, embora as pessoas fiquem, em média, menos dias. Situação idêntica vive-se no extremo Oeste do Algarve, no Parque do Serrão, em Aljezur

No Parque de Campismo de Albufeira, embora o início do Verão não tenha sido famoso, desde o começo de Agosto que a lotação tem estado praticamente lotada.

A esmagadora maioria dos campistas é portuguesa, seguindo-se os ingleses, holandeses (regista-se uma subida este ano), espanhóis, franceses e italianos.

Na chamada Costa Vicentina, na Salema, concelho de Vila do Bispo, o Parque dos Carriços teve alguma diminuição em Julho, mas está a ter um Agosto ao nível do que é habitual. Em Armação de Pêra, o Parque de Canelas confirma a tendência generalizada de acréscimo do número de campistas no presente mês em relação ao ano que passou, após alguma diminuição em Julho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)