Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Algarve perde oito ambulâncias de emergência pré-hospitalar

Registados atrasos no socorro a vítimas devido à falta de meios.
Rui Pando Gomes 10 de Outubro de 2019 às 08:35
Veículos de emergência estavam posicionados em corporações de bombeiros e instalações da Cruz Vermelha
Veículos de emergência estavam posicionados em corporações de bombeiros e instalações da Cruz Vermelha FOTO: Direitos Reservados

Numa altura em que os hotéis algarvios continuam a acolher muitos turistas e os dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que há mais pessoas a morar no Algarve, o INEM decidiu retirar da região oito ambulâncias de emergência pré-hospitalar. A decisão está a gerar polémica porque nos últimos dias foram registados vários atrasos no socorro devido à falta de meios nos locais onde estas viaturas estavam posicionadas.

O INEM colocou onze veículos de emergência sazonais na região. Estavam estacionados na Cruz Vermelha em Armação de Pera, Lagos, Almancil, Albufeira, Altura, Portimão, Boliqueime e Ferreiras e nas corporações de bombeiros de Albufeira e Portimão. No final de agosto e setembro, oito destes meios deixaram de estar operacionais. Desde essa altura, sabe o CM, foram registados vários atrasos no socorro a vítimas, nomeadamente em Albufeira e Tavira, devido à falta de ambulâncias.

Fonte do INEM justificou a decisão com o facto dos meios serem "sazonais" e o seu funcionamento estar "limitado no tempo", nomeadamente "durante a época de verão", confirmando que "a sua atividade terminou no prazo previsto" em cada um dos protocolos assinados com as referidas instituições.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)