Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Aluimento encerra Ponte D. Luís I

Um aluimento no tabuleiro inferior da Ponte D. Luís I, no Porto, às 15h54 de ontem, levou ao encerramento do trânsito automóvel. A cratera apresentava perto de 80 centímetros à superfície.
22 de Outubro de 2006 às 00:00
Ao que tudo indica, terá sido o rebentamento de uma conduta de água o responsável pelo buraco na ponte, que no próximo dia 31 faz 120 anos. Só depois de se analisar ao pormenor os estragos provocados poderá ser avançada uma data para a reabertura do tabuleiro. No entanto, tudo indica que a circulação seja amanhã restabelecida.
“Suspeitamos que tenha sido uma ruptura numa conduta de águas”, disse o membro do executivo da Câmara Municipal do Porto, Alves da Silva, que acrescenta, todavia, que “a estrutura da ponte não corre qualquer perigo”.
Por outro lado, fonte dos Bombeiros Sapadores do Porto afirmou que “por baixo pode haver uma vala maior”.
Durante toda a tarde de ontem estiveram no local técnicos dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento e da Divisão de Salubridade da Câmara do Porto.
Uma retroescavadora dos serviços camarários esteve a no local para alargar o buraco, de forma a que os técnicos possam chegar à conduta que terá estado na origem do problema.
Uma fonte dos Bombeiros afirmou ainda que o trânsito foi desviado da ponte e se processou normalmente na marginal do Porto, nomeadamente na Avenida Gustavo Eiffel e no Túnel da Ribeira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)