Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Alunos queixam-se de alergias

Mais de centena e meia de alunos de escolas do Minho e da Região Centro tiveram de receber assistência hospitalar nos últimos dois dias, devido a problemas alérgicos nos estabelecimentos escolares.
21 de Abril de 2007 às 00:00
Emergência nas escolas
Emergência nas escolas FOTO: Sérgio Freitas
Pelo menos 70 alunos da Escola 2,3 de Miranda do Corvo foram assistidos no centro de saúde com queixas de dores de cabeça, vómitos e diarreia. O delegado de Saúde atribuiu os sintomas a uma gastroenterite viral. “É um vírus que anda no ambiente e o quadro clínico é banal”, explicou.
Na véspera, outro grupo de 20 alunos de uma escola de Ferreira do Zêzere foi também assistido no centro de saúde local, queixando-se de comichão por todo o corpo.
Em Melgaço, cerca de meia centena de alunos da EB 2,3 tiveram de receber assistência hospitalar devido a uma alergia cutânea. Segundo o delegado de Saúde, os alunos apresentam um quadro de dermatite, que lhes provoca intensas comichões, promovidas por um agente que ainda não foi possível identificar.
Também em Guimarães, mais de 20 alunos da Escola EB 1 de Briteiros foram assistidos quinta-feira no hospital devido a comichão no corpo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)