Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Alunos roubam depois das aulas

De dia eram simples estudantes que frequentavam um curso profissional, remunerado pelo Estado, mas logo após as aulas, os três jovens, entre os 18 e os 21 anos, dedicavam-se a assaltar residências e cafés. Foram detidos anteontem, em casa, por cinco assaltos.
20 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Os três ladrões foram ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, tendo ficado em prisão preventiva
Os três ladrões foram ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, tendo ficado em prisão preventiva FOTO: José Rebelo

No entanto, a Polícia Judiciária suspeita que sejam autores de muitos mais crimes. Presentes ontem ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto ficaram a aguardar julgamento em prisão preventiva. Um quarto elemento do grupo foi ainda detido e identificado por posse de uma pistola 6, 35mm, tendo ficado sujeito a apresentações trissemanais na polícia.

Os estudantes residem no Porto há cerca de um ano, altura em que saíram de Angola para viver em Portugal, onde pretendiam tirar um curso. No entanto, o primeiro assalto do grupo só terá ocorrido a 13 de Janeiro deste ano. Desde aí os estudantes nunca mais pararam. Três dos cinco roubos que fizeram foram efectuados na rua, quando as pessoas se preparavam para entrar em casa. Os outros dois alvos do grupo foram um café em Ramada Alta e o Minipreço de Francos.

Nos assaltos, os ladrões, embora usassem uma réplica de arma de fogo, eram sempre bastante violentos. Os jovens actuavam de cara destapada, ameaçavam as vítimas de agressão e obrigavam-nas a entregar dinheiro, telemóveis e as chaves dos automóveis. Num dos casos, os detidos roubaram ainda uma viatura, um Volkswagen Golf, que após a detenção acabou por ser recuperado pela Polícia Judiciária do Porto.

Durante as buscas domiciliárias efectuadas em casa dos suspeitos, um quarto jovem foi detido por estar na posse de uma pistola. No entanto, a polícia não encontrou suspeitas de que aquele estaria envolvido nos roubos.

A Polícia Judiciária está a investigar o envolvimento dos ladrões em outros assaltos ocorridos nos últimos tempos.

PORMENORES

CURSO REMUNERADO

Jovens vieram para Portugal frequentar um curso profissional, no Porto. A formação é remunerada pelo Estado.

MEDIDAS DE COACÇÃO

Três dos angolanos ficaram presos e um outro sujeito a apresentações trissemanais.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)