Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Alunos denunciam motorista bêbedo

Autoridades foram alertadas por pais e alunos.
Francisco Manuel e Igor Gonçalves 15 de Fevereiro de 2015 às 21:46
Motorista, de 55 anos, só parou o veículo por ordem da GNR
Motorista, de 55 anos, só parou o veículo por ordem da GNR FOTO: D.R.

Foram quase 30 quilómetros de pânico. Cerca de 30 adolescentes foram conduzidos num autocarro escolar de Aveiro até Estarreja por um motorista alcoolizado. Aconteceu na terça-feira, pelas 19h00, e o homem, de 55 anos, só parou o veículo por ordem da GNR. Tinha uma taxa de alcoolemia de 2,31 g/l. Fonte da empresa garante que a transportadora não fará queixa.

"Fomos alertados por vários pais e alunos que iam no autocarro de que o condutor estava alterado e a fazer uma condução perigosa. De imediato, uma das nossas patrulhas intercetou o veículo", explicou ao CM o capitão Ivo Cristal, da GNR de Estarreja.

Depois de ter sido intercetado, na freguesia de Beduído, em Estarreja, o condutor foi submetido ao teste do balão. Acusou uma taxa-crime e foi detido. Presente ao tribunal de Estarreja no dia seguinte, vai aguardar julgamento em liberdade. Os menores, com idades entre os 12 e os 16 anos, pertencem a várias escolas do centro da Aveiro e fazem todos os dias o trajeto entre esta cidade e Estarreja, conduzidos, nos últimos meses, pelo condutor em causa.

André Leitão, responsável da empresa Transdev, proprietária do autocarro, confirmou a situação, acrescentando que o funcionário estava apenas a trabalhar em part-time e que tinha contrato até junho. "O antigo funcionário demitiu-se no dia seguinte. Assumiu o erro e, por isso, não vamos avançar mais com o assunto", acrescentou o responsável.

autocarro alunos motorista bêbedo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)