Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Ameaça de morte e é multado

Durante três anos, perseguiu uma vizinha, de 21 anos, a quem chegou a ameaçar de morte. Ontem, o Tribunal de Barcelos deu como provado que Aparício Loureiro, estudante de Direito, de 31 anos, de Martim, foi o autor das cartas ameaçadoras dirigidas à jovem de quem é vizinho, e condenou-o a uma multa de mil euros. Tem ainda de pagar uma indemnização de 2500 euros à vítima.
23 de Setembro de 2011 às 01:00
Aparício à saída do tribunal
Aparício à saída do tribunal FOTO: Silvia Pereira

No final da audiência, a jovem chorou de alívio, mas confidenciou ao CM ter receio de que ele não vá parar. "Nem durante o julgamento ele parou. Acho que isto vai continuar", disse, em lágrimas.

Após a leitura do acórdão, a juíza do Tribunal de Barcelos aconselhou o estudante de direito a "repensar a sua conduta de vida", sob pena de vir a ser condenado à prisão. "Se persistir nesta conduta é isso que lhe pode acontecer", alertou a juíza.

BARCELOS AMEAÇA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)