Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Ameaçava a vizinha de morte em cartas anónimas para sacar 100 mil euros

Cilada combinada com a GNR tramou a mulher, em Fafe.
Liliana Rodrigues 14 de Novembro de 2019 às 09:13
A carregar o vídeo ...
Cilada combinada com a GNR tramou a mulher, em Fafe.
Uma mulher de 60 anos, empregada fabril, foi detida em flagrante pela GNR de Fafe por tentar extorquir 100 mil euros a uma vizinha de 70 anos, através de ameaças de morte enviadas em cartas anónimas, na freguesia de Agilde, em Celorico de Basto.

"Ela punha as cartas na caixa de correio e escrevia, em letras maiúsculas, que me ia matar se não desse o dinheiro. Numa, escreveu até que me violava e que me ia incendiar a casa de noite", contou ao CM a vítima, que não quer ser identificada por medo de represálias, já que a autora da extorsão ficou em liberdade.

"Nunca pensei que fosse ela. Falei com a GNR e eles mandaram-me entregar um saco no sítio onde a carta dizia e à hora que era exigido. Vim embora, mas ela foi apanhada pelos guardas a recolher esse mesmo saco", recordou a mulher, solteira e que vive sozinha. "Foram três semanas de autêntico terror, nem dormia em minha casa com medo. E ainda continuo assustada, com ela em liberdade", acrescentou.

A suspeita foi levada para o posto pela GNR, mas acabou por ser libertada e notificada para ser ouvida no tribunal pelo Ministério Público.
GNR Fafe Agilde Celorico de Basto crime lei e justiça crime questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)