Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Ana Gomes revela mensagem do hacker Rui Pinto: "Fiz simplesmente o meu dever como cidadão"

Pirata informático critica a "perseguição de que os denunciantes são alvo em Portugal".
SÁBADO 5 de Março de 2020 às 10:46
A antiga eurodeputada Ana Gomes divulgou no seu perfil de Twitter uma mensagem escrita pelo pirata informático Rui Pinto. O hacker critica a "primitiva perseguição de que os denunciantes são alvo em Portugal" mas diz que voltaria a fazer o mesmo. Rui Pinto é o hacker por detrás dos Football Leaks, que esta quarta-feira motivaram várias buscas por todo o país e levaram à constituição como arguidos de dirigentes desportivos, intermediários (como o agente Jorge Mendes). 

Porém, na mensagem, Rui Pinto aborda os Luanda Leaks, "o exemplo mais recente de que os denunciantes e o jornalismo de investigação são essenciais para a nossa democracia".


"Durante anos, e apesar dos constantes alertas de que Portugal se tornara numa plataforma de lavagem de dinheiro da cleptocracia angolana, as autoridades judiciárias e de regulação nada fizeram. Como cidadão fiz simplesmente o meu dever ao ajudar a expor este e outros crimes, e mesmo sabendo de antemão da primitiva perseguição de que os denunciantes são alvo em Portugal, voltaria a fazê-lo", escreveu o pirata informático. 



A mensagem seria lida numa conferência sobre "Políticas de Diálogo a Alto Nível sobre Corrupção na Governança de Desporto", mas o evento, a realizar em Florença, Itália, acabou por ser adiado devido ao coronavírus. 

Rui Pinto está acusado de vários crimes, como acesso ilegítimo, acesso indevido, violação de correspondência, sabotagem informática e tentativa de extorsão. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu deixar cair 57 crimes em relação à acusação do Ministério Público, em setembro de 2019.

Depois de ter sido preso na Hungria e extraditado para Portugal, ao abrigo de um mandato internacional, Rui Pinto está preso desde março de 2019, tendo revelado recentemente que entregou um disco rígido à Plataforma de Proteção de Denunciantes na África, que permitiu a recente revelação dos Luanda Leaks, um caso de corrupção relacionado com a empresária angolana Isabel dos Santos.  

Com Lusa

Twitter Ana Gomes Florença Rui Pinto Portugal Jorge Mendes Football Leaks
Ver comentários